quarta-feira, 26 de agosto de 2015

CRONOGRAMA DE CURSOS DO SENASP










LINK   https://ead.senasp.gov.br/







quinta-feira, 20 de agosto de 2015

BOA NOITE SUB AREOLA

O meu amigo Sub Areola (fictício) é um cara muito gente boa, brincalhão, esperto, mas teve seu dia de cinderela.







Certo dia, encontrou uma amiga que aparentava estar muito nervosa e carente, seu lado “AMIGO” tomou a frente de seu raciocínio fazendo com que ele oferecesse seu ombro para a menina desabafar.

Sem segundas intenções, a convidou para comer uma pizza para que pudesse assim exercer sua habilidade em psicologia.

Somente pizza e refrigerante na mesa, mas o papo estava pra lá de agradável. Levantou-se para ir ao toalete e somente isso foi sua recordação do encontro.

Acordou as 5 horas da manhã na recepção de um apartamento, vestindo uma calcinha vermelha fio-dental. Totalmente atordoado, só ouvia as vozes gritando:




- Calma !!!! 


- Alguém segura esse doido  !!!!




Sem entender nada e já mais calmo começou a perguntar  o que estava acontecendo. O porteiro informou que lá pelas 23 horas ele subiu o prédio acompanhado de uma mulher e mais três homens dizendo que a festa iria começar. Lá pelas quatro horas o AREOLA começou a correr nos corredores gritando feito um louco.

Não sabia onde estava sua carteira, perdeu seu carro, roupas, e quando percebeu que perdeu as pregas também, desmaiou.

Um morador  que o reconheceu, colocou no carro, levou pro hospital e avisou ao seu irmão do ocorrido. Passou 2 dias internado para desfazer o efeito do que provocou aquilo.

E agora, como explicar pra família o inexplicável?


O jeito foi dizer que passou na TERRA DISTANTE para lanchar e acabou passando mal.






segunda-feira, 3 de agosto de 2015

CPPAE/2015 PROEIS/SEEDUC


CURSO PARA HABILITAR OS PPMM INTERESSADOS EM TRABALHAR NO SISTEMA PROEIS/SEEDUC.




LINK PARA O CURSO DO CPPAE/2015

http://ev.pmerj.rj.gov.br/novaplataforma/




sábado, 25 de julho de 2015

SGT BRABÃO



Tenho um amigo de nome Marques 67 (fictício) que é um rapaz gente boa, brincalhão, mas que quando está de serviço passa a ser  o mais bravo de todos.





Mas essa marra é só na rua porque em casa o clima passa a ser bem diferente. Vou contar somente uma ocasião que mostra como é tenso o tratamento em casa.

Num dia de tempestade com raios e chuva forte, ventos que pareciam furacões, o meu amigo foi visto encarando toda a força da natureza em cima de uma bicicleta indo até seu local de bico.





Tomou tanta chuva que chegou a ficar branco. Todo ofegante, cansado e nervoso começou a gritar:


- O meu dinheiro, o meu dinheiro, rápido!


O colega que estava guardando o seu pagamento, ficou preocupado e sem entender a situação, pedia calma mas sem sucesso. Até que como um gato, saltou pra traz de um carro onde ficou escondido e observando.

O motivo foi que sua esposa havia chegado no local e o estava procurando. Ao achar, se aproximou e ordenou:



- Me dá o dinheiro !!!


- Mas amor !?!


- Me dá o dinheiro !!!



Diante da pressão, entregou o envelope com cerca de R$800,00 e ela lhe deu R$2,00 pra tapar o furo do pneu da bicicleta que furou ao cair num bueiro que estava escondido pela chuva.




Ultimamente, as mulheres da TERRA DISTANTE estão ficando muito bravas, ou os homens estão ficando mais frouxos.





quinta-feira, 25 de junho de 2015

SGT MOURÃO

Meu amigo Chagas Lacraia (fictício), é um rapaz sério, calmo, com uma postura impecável, pena sofrer de anorexia.

Por esses dias, um certo graduado quase enfartou de susto ao ver o que parecia um mourão vivo. Como era noite e o local com pouca iluminação foi quase impossível a identificação.

O meu amigo estava próximo a cerca e com a aproximação da vtr resolveu dar caminho, foi onde o pavor tomou conta da guarnição ao ver o mourão sair da cerca e caminhar.

Tomados de curiosidade, jogaram o foco de luz em cima dele e só então perceberam se tratar do meu amigo que estava de sentinela totalmente atento.





Com seu físico invejável, foi o único que durante 16 anos não ganhou um grama. O segredo para não sair dos  45 kg é cortar o refrigerante e carboidrato.

 Queria ter vários desse meu amigo pra cercar toda a TERRA DISTANTE.


O INCRÍVEL SMURF

Mais uma do meu amigo INCRÍVEL HULK AFRO-DESCENDENTE (fictício), todos já o conhecem e sabem que é parceiro, já foi operacional, bom de coração.

Sempre se gabou de sua força e desempenho, mas soube que perdeu seus poderes.

Ficou desesperado quando passou a não aguentar uma relíquia 20 anos mais experiente. Já que seu motor estava sem compressão, resolveu turbinar.

Foi a farmácia, digo, mecânico e pediu uma cartela de nitrogênio azul, só que como sua máquina estava enfumaçando muito encheu o tanque com o azulzinho.

O meu amigo de preto ficou azul igual a um smurf por causa da superdosagem, quando ligou o motor, houve um estouro na descarga e bateu biela.

Teve que ser socorrido as pressas e por pouco não foi morar no céu azul. Testemunhas dizem que o viram sendo carregado no hospital deixando um rastro azulado no chão.





Toda a TERRA DISTASTANTE estima melhoras pra você meu amigo.



DEU UM CALDO


Meu amigo Ribeiro GAT1 (fictício), é um cara gente boa, prestativo, operacional e que não tem preconceito algum.

Por esses dias, resolveu sair com seu amigo(a) pra curtir um caldo verde, já que o tempo estava frio. E pra mostrar que é bem solidário a classe, saiu do carro de mãos dadas e sentou na mesa pra aguardar a refeição, coisa que não faz nem mesmo com sua mulher.

Mas tudo com a maior discrição, não chamaram a atenção de ninguém. Foi tudo bem natural.





Parabéns, é um exemplo a ser seguido na TERRA DISTANTE.



quinta-feira, 4 de junho de 2015

PURO TERRORISMO.

Vou explicar a relação que meu amigo Francisco 67(fictício) tem com seu carro para que vocês tenham ideia de como será a história.



Com muito sacrifício e empréstimos ele conseguiu comprar seu primeiro carro, um mamão, digo, Pólo preto básico. Tinha um convívio de praticamente um casamento, até mesmo sua esposa tinha ciúmes do carro.

Ao ir às festas, preferia ir de ônibus ao deixar seu veículo na rua ou estacionamento. Ao acordar e ao dormir sempre passava uma flanelinha, com muito carinho na lataria.

O único lugar que sentia seguro deixar seu estimado brinquedo era o pátio da unidade. Certo dia adentrou um terrorista de nome Asp Márcio (fictício) com um colete de explosivos, com várias granadas na mão e gritando: “ CHOOOOOOOQUE”.

Começou a lançar as bombas pra todo lado e uma delas foi parar debaixo do estimado carro de Chico.






Foi possível ver a explosão de fora da cidade. Os aparelhos marcaram 8.6 na escala Richter, foi uma correria só.

No pátio, ferros retorcidos, muito fogo e todos querendo saber o que tinha acontecido. Chico ao retornar a unidade viu muita correria, fumaça e bombeiros. Ficou um pouco assustado e curioso porque viu um farol parecido com o do seu carro a dois quarteirões dali, jogado na rua.



Ao adentrar a unidade teve um princípio de desmaio ao ver os destroços da sua razão de viver.





Passou dois dias velando os destroços, e convida a todos para o enterro numa data ainda a ser marcada, no cemitério da TERRA DISTANTE. 






quinta-feira, 7 de maio de 2015

ESSA É PIKA !

Meus amigos Ricardo Pocotó e Pereira 67 (ambos fictício) tentando mostrar serviço, fizeram uma ocorrência bem inusitada.

Saindo para patrulhar logo no início da manhã, se depararam com um elemento próximo a um grupo de meninas estudantes que ao avistarem a vtr, saíram correndo deixando o rapaz para trás.

Diante do ato suspeito, notaram que havia um volume na cintura do rapaz. Pocotó procedeu à revista pessoal e ao deslizar a mão achou o que estava volumando.



- Pereira, achei uma arma.

- Senhor, eu não tenho arma.



                            (KID BENGALA)



Segurou com firmeza e tentava de todas as maneiras puxar a suposta arma, começou a achar estranho que ela não saia e toda vez que puxava o rapaz gritava.

Até que percebeu que não era arma e sim o órgão genital do garoto. Mas como a abordagem chamou a atenção dos transeuntes, resolveram terminar na delegacia.



- Maré, o setor está conduzindo um elemento a DP por conduta inconveniente.

- Positivo, informe do que se trata.

- Correto, o elemento se encontra extremamente excitado.

- Copiado, cuidado para que não perca o flagrante.



Diante da dica e com a preocupação de “segurar”, Pereira foi para o banco de trás e segurou no membro fazendo uma massagem peniana para chegar com a prova intacta. Só que o rapaz, nervoso com a situação e arma apontada estava com muita dificuldade de manter a ereção.


- Corre Pocotó, tá difícil de vencer a paumolessência.

- Faz respiração boca-pau nele.



Enfim, conseguiram chegar a DP com a arma do rapaz carregada e por muita sorte não houve disparos durante a ocorrência.


Por isso na TERRA DISTANTE é proibido o uso de medicamentos para disfunção erétil.






quarta-feira, 6 de maio de 2015

UM MORTO CHAMADO LUCAS



Meu grande amigo Fred zoinho (fictício), é um cara maneiro, operacional, caveira, gente muito boa.

Um dia desses, foi enviado para averiguar um corpo jogado a beira da estrada. Com o fato confirmado, informou a central e solicitou a perícia e rabecão.

Enquanto aguardava os procedimentos de praxe, chegou um senhor com certo nível etílico no sangue e pediu para ver o corpo que já estava coberto.

O meu amigo deixou com o intuito de identificar logo a vítima. O senhor começou a chorar e dizer:


- Óhh meu Deus!!!!   É meu filho Lucas.

- O senhor tem certeza?

- sim. Deixa-me ver o pé dele.

- Pode ver.

- Óhh meu Deus!!!! É ele mesmo, era vagabundo, mas era meu filho.







Com isso os parentes vieram correndo, gritando e o senhor dizia:


- Não olhem. É o Lucas.


Fred pediu algum documento e providenciaram com agilidade, sem perder tempo, informou a central e começou a preencher a papelada.

Depois da papelada pronta, corpo periciado e ensacado, eis que veio um rapaz gritando:



- O que houve pai, quem é esse ai???



O velho olhou bem e começou a festejar


- Lucas, Lucas, você está vivo.


O meu astuto amigo logo interviu perguntando:



- Senhor se este vivo é o Lucas, quem é esse morto???


- Pode ser qualquer um deste mundo, mas com certeza não é o Lucas.



Depois dessa, Fred resolveu se mudar para a TERRA DISTANTE a ter que preencher tudo novamente.






quarta-feira, 22 de abril de 2015

PISTACHE NO SUSHI

Tenho um amigo chamado M. Leandro (fictício), um rapaz bem afeiçoado, simpático, de voz macia e que é muito culto.

Um dia desses, foi iniciar seu costume em comer comida japonesa. Adentrou num chique restaurante japa e resolveu colocar a prova seu puro e refinado paladar.

Uma japonesa foi lhe servindo e com muita delicadeza oferecendo a rica e diferenciada comida.





Começou com sushi de salmão, sashimi, Califórnia roll entre outros pratos. Sempre utilizando os pauzinhos pra comer, um legítimo oriental. Até começar a inventar em misturar os alimentos como um brasileiro.

Estava tudo tranquilo enquanto só estava usando o molho de soja para temperar. Daí ele observou um creme verde e sem perguntar o que era pediu a garçonete japa para colocar em seu sushi.



- WASABI ???



-  SIM, EU SEI. ESSE CREME DE PISTACHE VAI DAR UM TOQUE DOCE NO PEIXE.



Pra quem não sabe wasabi é um condimento comparado a pimenta. Mas meu amigo não sabia e ainda pediu pra colocar mais ainda.

A japa com cara de preocupada tentou avisar, mas meu amigo não entendeu nada. Mandou tudo de uma vez pra boca, em 2 segundos seus lindos olhos verdes ficaram vermelhos, seu rosto fluorescente, começou a engasgar igual a um cachorro, espumando pela boca e em 10 segundos estava desmaiado no chão.





Foi um tumulto generalizado, chamaram a ambulância que rapidamente o levou para o hospital onde ficou 3 dias em coma e 10 hospitalizado.


Ainda bem que na TERRA DISTANTE a comida é mais caseira, um básico arroz com feijão e ovo.





terça-feira, 21 de abril de 2015

8° BPM X HFM

       JOGO DO DIA 18/04/2015, NO CAMPO EM DONANA O TIME DO 8°, APESAR DA DERROTA DE 3 X 1, JOGOU BEM. OS DESFALQUES E A FALTA DE ENTROSAMENTO, POR SER INÍCIO DE TEMPORADA, PESARAM BASTANTE. NÃO TIRANDO OS CRÉDITOS DO TIME ADVERSÁRIO QUE MOSTROU ESTAR MAIS ENTROSADO E COM MELHOR  PREPARO FÍSICO. 

     








































APERTEM OS CINTOS, O CAIXA ELETRÔNICO SUMIU.

Meu amigão PEREIRA 67 (fictício) teve mais uma história em seu currículo.

Foi escalado num ptr bancário onde só havia um caixa eletrônico em todo município pra vigiar. Ficou cerca de 6 meses patrulhando e baseando a vtr em frente ao equipamento. Variava seus horários durante o dia, mas na madrugada estava sempre alerta em pé na porta da cabine de vidro.

Depois desses 6 meses resolveu olhar o terminal pelo vidro e percebeu que não estava no local, ficou tomado pelo desespero e na ânsia de montar um cerco aos ladrões, jogou no rádio:



-  Maré, acabaram de levar um caixa eletrônico e provavelmente o levaram de helicóptero.



Imediatamente todos foram informados, até mesmo o governador. Várias viaturas passaram a observar o céu em busca da aeronave rebocando um caixa eletrônico. A DP enviou de imediato uma equipe de peritos ao local, os quais ao chegar no local ficaram abismados  pela sofisticação dos meliantes em não deixar pistas ou ao menos sinais de arrombamentos, nem mesmo acionaram o alarme.






Pela manhã, resolveram ligar para o banco para informar o ocorrido e a gerente muito confusa pediu para confirmarem o endereço.

Conclusão, a gerente informou que o equipamento havia sido retirado a pelo menos 8 meses atrás.


Ainda bem que esse meu amigo não patrulha a TERRA DISTANTE, porque estaríamos roubados.




terça-feira, 14 de abril de 2015

OPEN BAR DE ESQUINA

Meu grande amigo Ricardo Pocotó (fictício), um gordinho sarado, esperto, mas que foi traído pelo seu olho grande.

Por estes dias, quando saiu pra dar um passeio, se deparou com um banquete armado uma esquina próximo de sua casa. Olhou para um lado, olhou para o outro e achou estranha aquela fartura e ninguém por perto.

Mas por ser alcoólatra em recuperação, teve uma recaída e partiu pra dentro achando se tratar de uma festa com “OPEN BAR”, não quis esperar o restante do povo, querendo beber tudo sozinho.










Bebeu, bebeu e quando chegou à cachaça começou a comer a pipoca como tira-gosto, só que essa estava muito salgada fazendo com que sua pressão subisse ao extremo.

Não deu outra, caiu ao solo sem saber se estava tento um infarto ou derrame. Demorou muito até as pessoas entenderem que estava passando mal, porque passavam e achavam se tratar de um bebum fazendo palhaçada.

Depois de se recuperar do coma, ficou sabendo que aquilo não era uma festa, mas sim um trabalho de macumba que sua ex preparou já certa de que o trouxa iria cair na armadilha.


Pocotó, comida de graça? Nem mesmo na TERRA DISTANTE.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

RUBBER-MAN

Meu grande amigo AFRODESCENDENTE DE OLHOS VERDES (fictício) é um rapaz tranquilo, mas com muitos traumas de relacionamento. Não posso dar muitos detalhes por hoje ele ser comprometido.

Mas por esses dias resolveu se aventurar fora para mostrar algo que nunca foi. Uma menina bem aventurada o desafiou a mostrar todas as habilidades que sempre diz que tem.

Muito nervoso, pois sua performance é apenas história, procedeu à aventura. Partiu pra dentro, começou as preliminares, utilizou sua enorme língua, mas quando foi concretizar o ritual lhe veio uma dor na consciência o fazendo lembrar-se da esposa, dos filhos e instantaneamente sua espada virou um chicote. A menina tentou daqui e dali, mas nada. Aí ela disse:




- Já que não vai passar disso, use sua língua, pois está mais dura do que essa borracha.



Cabisbaixo, pensativo e quase em depressão profunda, o meu amigo resolveu desafia-la para uma revanche. Com o desafio aceito, partiu para a farmácia e pediu um comprimido azul para reverter à imagem de RUBBER-MAN (homem borracha). Só que o farmacêutico, vendo sua expressão de acabado, pensou em se tratar de um comprimido azul que auxilia no tratamento contra a insônia.




Advil PM é um medicamento analgésico para combater a insônia que ajuda a que você se durma e permaneça dormido .




Ingeriu logo dois comprimidos e partiu pro combate. Ao entrar já quase se arrastando no quarto, teve a visão da cama macia e convidativa. Deitou e em segundos começou a roncar, a garota se sentindo super ofendida, resolveu lhe dar uma lição. Pegou a carteira e deu uma limpa não deixando outra opção ao meu amigo a não ser pedir ajuda aos seus amigos hiper discretos.


Da próxima vez, fale somente o que consegue fazer, deixe as histórias para a TERRA DISTANTE.